Shige's Project - 10 filmes num mês - Agosto 2011

Numa revista, Shige disse que decidiu começar um novo projecto, "Ver 10 filmes num mês" de modo a conhecer mais e melhor fantásticos filmes japoneses e ocidentais, e como macaquinho de imitação que sou, adorei esse projecto, pois também tenho imensos filmes que quero ver na minha vida...

Agosto 2011
Aqui vão alguns filmes aconselhados por mim e por vezes pelo próprio Shige
*sem spoilers*

Dream (08.08) & 3-IRON (08.08)
http://4.bp.blogspot.com/_pdxW0zEn_Hc/Sz0a6-XBorI/AAAAAAAABDM/v_Wtu2c4VJY/s320/dream+poster.jpg http://4.bp.blogspot.com/_K8QVndrP5dg/RtpC6iAN07I/AAAAAAAAAwc/DWL_wJlhx7E/s320/3Iron_poster02.jpg
Ambos os filmes são coreanos e realizados por Kim Ki-Duk
O segundo filme foi recomendado pelo Shige
[O filme 3-IRON apesar de oriental, consta do livro "1001 filmes para ver antes de morrer"]

Dream, eu sei que o Shige viu este filme também, apesar de ele não ter falado nele, porque ele diz que andou a fazer uma maratona de filmes de "Kim Ki-Duk" e porque Joe Odagiri é o seu actor japonês favorito ^^ Dizem ser o mais fraco dele, e mesmo assim já é um bom filme! Só há uma coisinha a apontar...  o Joe fala em Japonês e os coreanos respondem em coreano e entendem-se, fantástico! XD Ele é sempre fantástico, mas acho que devem haver tantos actores coreanos lá, que não se justifica fazer um filme em que umas personagens respondam numa língua e outros noutra, fingindo ser a mesma... bem, acredito que a maioria das pessoas nem note a diferença. Achei o filme bem bom se querem saber! Se dizem ser o mais fraco então tenho de continuar a ver uns filmes dele, porque devem ser todos bons!

3-IRON, só boas razões para ver este filme! São poucas as palavras proferidas, não sei se o director costuma fazer filmes assim, ou se queria que 3-Iron fosse um filme internacional/mais-ou-menos-mudo em que raramente se ouve a voz de alguém, e mesmo assim tudo fica bem expresso. É uma visão invulgar para fazer um filme, o que é bom ^^ Acho que fica diferente. Quanto ao filme em si, achei fantástico! Só mesmo quando se chega ao fim é que se percebe o que o realizador queria transmitir com este filme! Muito bom! «It's hard to tell that the world we live in is either a reality or a dream»

21 grams (27.08) & Ashita no Joe (28.08)
21 grams, este filme mistura o presente e o passado, de uma forma fácil de perceber, o que é sempre bom. Eu tento, a sério, respeitar as pessoas religiosas, mas elas antes de mais nada assustam-me! Assustam-me de morte. Não há santos dentro dos humanos e quando são demasiado simpáticos, desconfiem! Quanto ao filme, já tinha noção que eles iam estar todos interligados, e gostei da forma como o filme se passou e gostei das frases do final. O valor de 21 gramas difere de pessoa para pessoa, apesar de no fim, serem sempre 21.

Ashita no Joe, é épico! Eu já sabia que ia ser bom, mas de facto é mesmo excelente! Ver o Yamapi a esforçar-se tanto é um orgulho muito grande! Ser capaz de ser tão bom actor, tão profissional. O filme é uma obra prima! Pode ser visto tanto por homens como por mulheres, é um filme fantástico e apaixonante! É uma das grandes razões para se amar o Japão e toda a cultura e esforço que eles são capazes de trazer para o mundo do cinema! Emocionante! Aqui fica bem patente a diferença entre inimigos e rivais, nunca outrora melhor exemplificado. Filme Perfeito!

I am Sam (04.08) & Salt (29.08)
I am Sam, é um filme de grande aprendizagem! Sobre respeito e amor. Compreendo que o mundo não esteja preparado para pessoas incapacitadas, mas de facto, há momentos em que os limitados não são eles, mas sim todos nós. Adorei o facto dele adorar The Beatles e procurar sempre fazer referências à vida deles para fazer a ponte entre a sua própria vida. É daqueles filmes que faz mesmo a diferença entre ver e não ver. Fiquei muito satisfeita de ter podido ver este grande filme.

Salt, é um bom filme de espionagem. Angelina Jolie acaba por fazer sempre filmes que me agradam, seja por ter muitas lutas e armas, ou pelo romance. Fiz várias teorias sobre de que lado Salt estaria, mas não acertei nenhuma até ao fim. O filme vê-se bem.

Pathology (24.08) & All good things (26.08)
Pathology, consegui obter uma confirmação com este filme, os patologistas são uma da categoria de  pessoas mais assustadoras que há, entrando em pé de igualdade na classe dos coveiros, e dos maquilhadores de mortos. Pensei que o filme ia recair somente sobre o previsto na maior parte do filme... mas foi preciso chegar ao fim para as coisas realmente passarem a ser pessoais. O fim fez-me lembrar do filme "Seven", tirando o facto de ter vindo em efeito duplo, o que torna a palavra "vingança" muito mais divertida do que já é (Aviso: Quem é sensível a crânios a serem partidos, e costelas a serem cortadas com um apara arbustos, em autopsias, é melhor não ver este filme).

All good things, é uma mistura entre uma promissora vida de sonho e a realidade. Ryan Gosling é lindo de morrer, seja em que filme for, mas de facto não compensa o facto de ele ser crazy~ neste filme. Assustam-me as pessoas que pensam que o 'amor' é uma coisa tão simples, que casar com um homem de quem não sabem absolutamente nada, pode vir a ser 'a história perfeita'. A caixa electrónica dele "Leave a message" era simplesmente assustadora! O filme em si não tem factor surpresa, e se tiver de falar a verdade, digo que foi muito fácil descobrir a farsa toda. Claro que isto visto do prisma do filme, pois na vida real apanhar um serial killer é muito complicado.

Couples Retreat (21.08) & The Bounty Hunter (23.08)
Couples Retreat, desde que estreou faz alguns anos, que sempre ouvi dizer bem do filme, mas sinceramente não percebo porquê, acho que só me ri 3 vezes, se tanto. Foi um dos filmes mais fracos de comédia, que vi nos últimos meses.

The Bounty Hunter, já esperava um filme meramente médio, e tirando o facto de eu gostar de ambos os actores, esta é mais uma comédia romântica, como qualquer outra, capaz de dar na TVI (estação de tv portuguesa conhecida por filmes comerciais, assim como todas as estações portuguesas, se pensarmos bem). Como sempre, divertem, mas não o suficiente para dizer que "gostei de ver este filme", realço » é meramente médio.

Onde encontrei os filmes?
Dream - (inglês) korcine
3-IRON - (pt/br) cineumpordia
Salt - (pt/br) cinematuga
21 grams - (pt/br) requiemcine
Pathology - (pt/pt) cinematuga

All good things - (pt/pt) cinematuga

Todos os outros filmes vi em DVD oficial, ou em casa de amigos.

Em caso, dos links deixarem de funcionar a nível de filmes ocidentais, é normal porque como sabem o controlo destas coisas é feita muito a sério e os websites estão sempre a serem fechados... quanto a isso não posso fazer muito, senão tentar ajudar-vos a encontrar novos links, se bem que o google é a chave do negócio ^^ Além de que o que quero com isto, não é encaminhar-vos para download, mas sim para filmes que podem gostar, lembrem-se disso, pois até eu posso vir a ter problemas com isto!

Espero que isto vos sirva de alguma coisa, mais uma vez ^^ *chuu~~

2 comentários:

  1. ainda bem que gostaste do ashita no joe :D é um filme maravilhoso.sinceramente nao esperava gostar tanto *_* faz ter vontade de encontrar "um Rikishi" na nossa vida para lhe dar mais significado.

    ResponderEliminar
  2. Achei que nunca outrora vi um filme que expressasse tão bem o que é ter um "rival" e a grande diferença que vai daí ao "inimigo". Gostei mesmo muito! Espero que o filme recebe muitos prémios <3

    ResponderEliminar

Minna obrigada por terem lido o meu post :D
Deiam a vossa opinião sobre o que foi dito e partilhem emoções :D para que eu também me possa divertir a responder-vos!!! Arigatou ♥♥♥